Notícias

Credores aprovam plano de recuperação judicial da Saraiva

30
Ago 2019

 Por Ivan Ryngelblum e Adriana Mattos

A Saraiva, em recuperação judicial, informou nesta quinta-feira (29) que os credores aprovaram o plano de recuperação judicial da companhia e da controlada Saraiva e Siciliano. A informação foi antecipada pelo Valor. O plano será submetido à homologação pelo Juízo da Recuperação Judicial.

Segundo a ata da reunião, ocorrida em São Paulo, a proposta foi aprovada por 11 credores de um total de 12 da classe I, que representam as dívidas trabalhistas. No caso dos credores da classe II, com garantia real, o plano foi aprovado pela totalidade dos presentes.

No caso da classe III, de quirografários, já desconsideradas as abstenções da base de votação, votaram favoravelmente credores que representam 81,2% do total por valor desta categoria. Na classe IV, que considera microempresas e empresas de pequeno porte, aprovaram o plano 95,9% do total dos credores por valor.

No plano, parte do excedente da geração de caixa será utilizado para pagar os credores e o atual CEO, Jorge Saraiva Neto, deixa o cargo 30 dias após a homologação do plano pela Justiça.

As ações da Saraiva fecharam o dia em baixa, depois de ensaiarem subir na última hora de negociação. Após ajustes, as ações ordinárias fecharam o dia em baixa de 8,36%, a R$ 6,14. O volume financeiro terminou em R$ 2,7 milhões, acima dos R$ 1,5 milhão registrados no pregão de quarta (28).

Os papéis preferenciais encerraram com queda de 2,70%, a R$ 2,16. O giro financeiro ficou em R$ 3,1 milhões, abaixo dos R$ 3,5 milhões vistos nos negócios anteriores.

Por volta das 16h12, as ações da Saraiva entraram em trajetória de alta, com as ordinárias avançando 2,99%, enquanto as preferenciais subiram 8,11%, mas o movimento não durou muito tempo.

Fonte: Valor Econômico

Mais notícias

Agenda